Notícias

Deficiente conta história de superação para realizar o sonho do filho
13/11/2006

O livro Pé na Estrada é uma aventura sem limites, indicada para toda a família. Amor, dedicação e muita força de vontade impulsionam os personagens a completarem a missão. Eles se movem de uma cidade à outra com a ajuda do personagem principal, que é um deficiente físico. Em seu quarto livro publicado, primeiro infantil, Ari Heck narra sua própria aventura, buscando realizar o sonho de um de seus filhos.
Tudo começou em 2001, quando o filho mais velho do autor, Tiago, hoje com 18 anos, comentou que se sentia triste pelo fato de seus amigos e colegas realizarem passeios e aventuras com seus pais e ele não. Então Ari prometeu ao filho que se ele fosse aprovado na escola realizariam uma aventura à sua escolha.

No final do mesmo ano, pai e filho começaram o treinamento e deram início à viagem. Saíram de Ijuí, três meninos de bicicleta e Ari com uma moto quadriciclo. Passaram por Catuípe, Independência, Três Maio e encerraram o trajeto em Boa Vista do Buricá. Depois de percorrer 110 quilômetros de esfalto.

Anos mais tarde, o filho mais novo do autor, Mateus, pediu que ele contasse histórias. Como o seu estoque já estava esgotado, o menino pediu ao pai que fosse contada uma história própria, da aventura vivida com seu irmão.
Ao começar sua narrativa, Mateus o informa de que histórias para crianças devem começar com “era uma vez”. Surge então a idéia de transformar a jornada em um livro para crianças.

A maior dificuldade foi a mudança de linguagem, para que as crianças pudessem entender o livro. Como Ari é formado e pós-graduado em Direito, a linguagem escrita foi voltada para o jurídico. Quem ajudou nessa modificação foi Mateus, que o questionava sobre termos que não compreendia. Assim, Ari pôde buscar uma linguagem mais apropriada para o entendimento infantil.
Ari Heck é natural de Boa Vista do Buricá, viveu 19 anos em Ijuí e há cinco mora na cidade de Triunfo, onde é Presidente da ASTRIDEF - Associação dos Deficientes Físicos de Triunfo. Também foi vereador em Ijuí por 8 anos. Ari já pensava em ser escritor na infância, mas, a partir dos 15 anos, a paixão pela literatura se consolidou.

Seu primeiro livro publicado foi O que é ser jovem?, uma seleção de textos de jovens de todo o país. A história de Ari trata sobre como é ser um jovem deficiente. O segundo trabalho foi Poemas sem preconceitos. Nele, as dificuldades físicas transformam-se em facilidades para a Humanidade, devido à sua criação poética.
Em 2005, Ari Heck lançou o livro Manual do Vereador. A obra traz mais de sessenta projetos de leis, pareceres e artigos, parte deles voltada aos direitos dos deficientes físicos.
Sua perspectiva para o próximo livro é tratar sobre a importância da vacinação contra a paralisia infantil, doença que causou sua deficiência física.

Ari comenta que seu filho Tiago não queria ser vacinado para no futuro ser como o pai. Já Mateus sempre fez questão de tomar as gotinhas, por julgar que o pai enfrenta muitos problemas devido à deficiência.

O autor acredita que o fato de lançar o seu último trabalho na Feira do Livro é muito interessante, porque ela é uma vitrine. Ele pretende programar uma sessão de autógrafos em Triunfo ainda neste ano.
Nos dias 01, 02 e 03 de dezembro acontece a Feira da Indústria e Comércio na cidade de Boa Vista do Buricá. Na abertura do evento, Ari também realizará uma sessão de autógrafos. O autor pretende chegar com sua moto no evento e autografar os livros em cima dela.
O livro Pé na Estrada é um lançamento da Editora Imprensa Livre e pode ser encontrado em todas as livrarias pelo valor de R$ 12,00.

 

Todos os direitos reservados a Ari Heck