Notícias

O Wikipédia (maior enciclopédia livre) utiliza artigo do escritor Ari Heck para falar da acessibilidade no Brasil
12/04/2010

O Wikipédia é a maior enciclopédia livre da Internet e em sua definição sobre acessibilidade dos deficientes citou o artigo “Brasil, um país de deficientes” do escritor gaúcho Ari Heck. No texto Ari faz uma comparação dos números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) com os números da Organização Mundial da Saúde (OMS), quanto ao número de deficientes no Brasil. Enquanto a OMS diz que o Brasil tem cerca de 10% da sua população com algum tipo de deficiência, o IBGE apontou no censo de 2000 14,8% da população, ou seja, 24,5 milhões de habitantes.

O Wikipédia diz textualmente “Assim, temos também como tentativa buscar soluções de inclusão, adaptação e acessibilidade para as pessoas portadoras de algum tipo de deficiência, seja ela física, visual ou auditiva.
A informação é um direito de todos e deve ser acessível e compartilhada com o maior número de pessoas. Em 2006, o número de pessoas com cegueira em todo o mundo era de 45 milhões e com baixa visão 135 milhões.[1] No Brasil, segundo o censo demográfico realizado no ano de 2000, 24,5 milhões de pessoas possuem algum tipo de deficiência, destes 159.824 são incapazes de enxergar, 176.067 são incapazes de ouvir e 6,59 mil tem deficiências físicas ou motoras. De cada 100 brasileiros 14 possuem algum tipo de limitação.[2]Em Portugal, dados de 2001 mostram a existência de 636.059 pessoas portadoras de deficiência.[3]...”

Quando fala dos dados do Brasil, o site remete para o artigo do escritor gaúcho que está publicado em dezenas de sites da Internet e que já foi referência bibliográfica de dezenas de trabalhos acadêmicos do Brasil, da América e da Europa. O escritor que também é deficiente físico, tentou mostrar através do texto que o Brasil precisar dar uma maior atenção à sua população deficiente, além das campanhas é preciso investir na área da inclusão educação, do lazer, da saúde, do emprego e de políticas de combate ao preconceito que, segundo o escritor, ainda existem.

Para ler o texto na íntegra acesse o www.wikipedia.org e no site do escritor www.ariheck.com

 

Todos os direitos reservados a Ari Heck